Dezenas de integrantes de facção criminosa fogem de presídio no Paraguai

Dezenas de integrantes de facção criminosa fogem de presídio no Paraguai


Eles deixaram a prisão em Pedro Juan Cabellero, que fica na fronteira com o Brasil, por um túnel.



Dezenas de integrantes da facção criminosa brasileira Primeiro Comando da Capital fugiram por um túnel de um presídio na cidade paraguaia de Pedro Juan Cabellero, que fica na fronteira com a cidade brasileira de Ponta Porã (Mato Grosso do Sul), na madrugada deste domingo (19).

Segurança em cidades brasileiras é reforçada após fuga de detentos
De acordo com a ministra da Justiça do Paraguai, Cecília Perez, 91 presos conseguiram a escapar da prisão por volta das 4h (3h, em Ponta Porã). Mais tarde, a procuradora Reinalda Palacios declarou o número foi corrigido para 75, de acordo com o jornal "ABC Color" .

O Ministério Público informou que vídeos das câmeras de segurança do presídio mostram uma movimentação intensa desde as 4h deste domingo. Para a promotora, é impressionante que os guardas não tenham agido diante das imagens que tinham à disposição.

Cinquenta dos detidos estavam em um piso superior e 25 no inferior, onde o túnel foi cavado. Para ter acesso ao piso inferior, os detentos devem passar por um portão, que deve permanecer trancado.

O que chamou a atenção dos promotores foi que esse portão estava trancado no momento em que Ministério Público foi visitar o local após a fuga.

A Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp) de Mato Grosso do Sul informou que está em contato com as autoridades paraguaias. O policiamento em Ponta Porã e Dourados, maior cidade da região e possível destino de fugitivos, foi reforçado com equipes da Polícia Militar e da Polícia Civil.

A ordem de captura dos foragidos deve ser emitidas em algumas horas. Até a última atualização dessa matéria, nenhum havia sido recapturado.


Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.