Oinegue critica lentidão para resolver caso da boate Kiss

Sete anos depois do incêndio na boate Kiss, que deixou 242 mortos, a Justiça gaúcha definiu a data do primeiro julgamento relacionado à tragédia. O jornalista Eduardo Oinegue critica a lentidão.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.